Blog da Cine

O Poder do Teatro

Cineplast Cultura

Conhecido popularmente como a quinta arte, o teatro possui o poder inerente de transformar o indivíduo e a sociedade, por meio de histórias envolventes, atuações que conquistam até os mais céticos e infraestruturas que sustentam os mundos fictícios. E assim como as obras da Clarice Lispector, as peças possuem o poder da epifania – responsável por desenvolver reflexões verdadeiras, promovendo a transformação no comportamento humano.

Cineplast

A infraestrutura é o elemento fundamental no processo, pois ela é responsável por sustentar o universo da peça, denominado mise-en-scènce. O termo francês, utilizado para se referir à montagem, engloba desde os elementos técnicos aos narrativos. Portanto, é fundamental que o espaço cênico possua condições adequadas para sustentar qualquer história contada, por meio da iluminação cênica, vestimenta cênica, mecânica cênica, áudio, vídeo e acústica.

Dentre o desenvolvimento de reflexões e experiências, o time Cineplast selecionou quatro produções que marcaram nossos profissionais e ressignificaram o sentido da quinta arte:

1. A Golondrina

Escrito pelo espanhol, Guillem Clua, traduzido por Tania Bondezan e dirigido por Gabriel Fontes, a peça é inspirada no ataque terrorista que aconteceu no Bar Pulse, em Orlando (EUA), em junho de 2016. O espetáculo mostra o emocionante encontro de Ramón (Luciano Andrey), sobrevivente de um ataque praticado por homofóbicos, em um bar gay, com Amélia (Tania Bondezan), uma severa professora de canto, que também tem sua história ligada a esse trágico evento.

2. O Auto da Barca do Inferno

Escrito por Gil Vicente, em 1517, a obra se tornou um clássico da literatura brasileira, sendo marcada por diversas apresentações no decorrer da história. A obra representa o juízo final católico, de forma satírica e com forte apelo moral.

3. A Dama e o Vagabundo

Baseado no filme de 1955, do Walt Disney Studios, a peça conta a história da cadela Lady e a relação com o Vira-lata, que se torna-se seu responsável quando a mesma é desamparada na rua, após o nascimento do bebê de seus donos.

4. Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

A continuação da saga Harry Potter se elevou aos meios teatrais , através de produções exclusivas, realizadas em Nova York, Londres, Melbourne, Hamburg, Toronto, São Francisco e Tokyo. Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar onde pertence, seu filho mais novo, Alvo, precisa lidar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. Enquanto passado e presente começam uma sinistra fusão, pai e filho aprendem uma verdade desconfortável, pois a escuridão vem de lugares inesperados.

Texto por: Enzo Gabrielloni Rossi